• (21) 2290 5886 / 2209 1950
  • (11) 4305 7900 / (11) 2369 5871
  • Seg - Sex | 8h às 17:30h

Como saber se o local possui um sistema realmente eficiente de prevenção contra incêndio?

por nexos
sistema de prevenção

Você sabia que existe uma lei que exige que estabelecimentos com grande circulação de pessoas tenham sistema de alarme de incêndio instalado? Se você já se ateve a esse detalhe e providenciou um alarme para seu estabelecimento, parabéns! Mas agora, outra questão deve ser levantada. Como saber se o local possui um sistema realmente eficiente de prevenção contra incêndio?

Continue lendo este artigo para saber quais são os equipamentos essenciais nesse sistema e o que você deve observar para que ele realmente funcione!

Veja se o sistema de prevenção está completo

Identificar focos de fogo, calor e fumaça em seu princípio é a principal função de um sistema de prevenção de incêndios. Dessa forma, um aviso é enviado para a central, para que as medidas de evacuação do ambiente e demais providências sejam tomadas. Para que o seu sistema seja eficiente de fato, é muito importante que ele esteja completo. Ou seja, ele deve contar com todos os dispositivos básicos de um sistema de alarme de incêndio.

O primeiro item indispensável nessa composição é a central de alarme de incêndio. Ela é quem recebe a conexão de todos os outros equipamentos e ativa os alarmes. Detectores de fumaça e temperatura não ficam atrás. Eles também são primordiais! São eles que atuam com precisão e reduzem drasticamente as chances de alarmes falsos.

Em seguida, é necessário ter um acionador manual, para que qualquer pessoa possa ativá-lo caso ocorra alguma falha de detecção.

O sinalizador audiovisual também é muito importante! Afinal, é ele que dispara um sinal visual e sonoro para alertar os frequentadores do local a respeito do perigo.

Os equipamentos do sistema de alarme devem condizer com as necessidades do edifício

Parece uma coisa bem básica, mas não é. Cada tipo de edificação exige um tipo de sistema de alarme de incêndio específico condizente com o projeto do mesmo. Edifícios menores, com estruturas mais simples, necessitam apenas de dispositivos de prevenção de incêndio convencionais. Enquanto edificações maiores exigem equipamentos mais precisos.

Nesse caso, é fundamental que o sistema tenha uma central endereçável, que permite a identificação exata do local do prédio em que as chamas se encontram.

Tenha uma assessoria profissional e de qualidade para manutenção

sistema de alarme de incêndio costuma ser bastante durável e praticamente não apresenta falhas. Porém, é claro que elas podem acontecer eventualmente. E nesses casos você vai precisar de uma manutenção.

Além disso, é preciso realizar a manutenção preventiva periódica, para averiguar se todo o sistema de prevenção de incêndio atua com bom desempenho ou se algum ajuste é necessário. Conte então com uma equipe profissional para prestar essa assessoria.

O mesmo vale para a etapa de instalação, que deve ser feita da maneira certa e com alvará do corpo de bombeiros.

Se tiver alguma dúvida entre em contato conosco! Será um prazer atendê-lo.