• (21) 2290 5886 / 2209 1950
  • (11) 4305 7900 / (11) 2369 5871
  • Seg - Sex | 8h às 17:30h

Conheça 4 estratégias para deixar sua casa mais protegida

por nexos
casa mais protegida

Nosso lar é onde o convívio familiar e a proteção de nossos pertences devem ser garantidos. Dessa forma, estratégias de segurança nunca são excessivas. Inclusive, não devemos medir esforços para aplicá-las. Atualmente, existem diversas opções para deixar a nossa casa mais protegida. Elas podem ser tecnológicas ou até mesmo comportamentais. Por exemplo, investir em sistemas de proteção modernos e evitar deixar o interior da casa evidente são algumas das alternativas.

Quer saber mais? Continue lendo o artigo para conhecer 4 estratégias para deixar sua casa mais protegida.

1. Invista em um sistema de segurança

Hoje em dia, a tecnologia pode ajudar muito quando o assunto é segurança eletrônica. Um exemplo disso são as centrais de alarmes monitoradas. Elas são estruturas que funcionam 24h por dia, recebendo sinais quando qualquer movimentação suspeita for identificada em uma residência cadastrada. Os alarmes são compostos por sensores estrategicamente distribuídos pela casa. Além disso, eles podem ser de vários tipos, como por exemplo os magnéticos, que podem ser instalados em portas e janelas. Uma vez esses lugares sejam violados, o alarme dispara imediatamente e aciona a central.

Existem também os alarmes com sensor de presença, que rastreiam regiões específicas da casa por meio de um sistema de infravermelho. Essa tecnologia permite detectar movimentos humanos sem interferências. Dessa forma, seu lar fica mais inteligente para se proteger contra furtos e arrombamentos.

2. Cuide da estética da casa

A maneira que sua casa se apresenta pode facilitar ou não a entrada de bandidos. Portanto, pequenos detalhes devem ser observados para que não sirvam de falha na segurança da sua residência.

É o caso dos locais que contam com cortinas translúcidas, que permitem visualizar o interior do local a distância. Nesses casos, com as luzes acesas, à noite, é possível ver a movimentação de fora da casa, tornando ainda mais fáceis furtos e roubos.

Portanto, a melhor opção é trocar as cortinas translúcidas por modelos de tecidos mais grossos ou confeccionados em outro material que dificulte a visão da casa pelo lado externo.

3. Tenha um bom sistema de iluminação externa

Uma casa com área externa escura é, praticamente, um convite para os criminosos. É preciso investir em uma boa iluminação nesse espaço. Isso pode ser feito com a distribuição de pontos de luz em lugares estratégicos. Nesse caso, utilizar iluminação combinada com arandela e lâmpadas diretas e indiretas é essencial.

Por exemplo, a fachada da casa pode receber uma iluminação mais quente e indireta nas laterais. Para as entradas principal e lateral e no quintal, é recomendado aplicar iluminação direcionada, de cor branca e de alta intensidade.

Essa combinação permite que a casa tenha seus detalhes nítidos e garante, inclusive, a segurança, pois fica mais fácil visualizar o ambiente de dentro para fora e vice-versa.

4. Aposte em portões ou muros com estruturas adequadas

De nada adianta construir um muro ou instalar um portão alto que possa ser escalado. É preciso reforçar a segurança e dificultar a ação dos bandidos.

Uma ótima alternativa é trocar os portões vazados, que permitem o encaixe dos pés. Observe também se o muro do fundo da casa tem alguma estrutura de apoio que facilite uma possível escalada para dentro da residência.

Essas foram algumas dicas para melhorar a segurança residencial. E se você mora em um condomínio, lembre-se também de que é importante considerar a contratação de serviços de segurança essenciais.