• (21) 2290 5886 / 2209 1950
  • (11) 4305 7900 / (11) 2369 5871
  • Seg - Sex | 8h às 17:30h

Cuidados com instalações elétricas devem ser redobrados durante o verão, entenda:

por nexos
curto-circuito

No verão há uma maior propensão de temporais acompanhadas de descargas atmosféricas e ventos. Por isso, reforçamos  as orientações sobre a prevenção de acidentes nesta época do ano para evitar incêndios e acidentes. 

Portanto, durante as chamadas chuvas de verão com raios e trovões é recomendável cuidados durante as chuvas torrenciais e até mesmo uma manutenção em casa para evitar qualquer sinal de fogo. Retirar da tomada equipamentos eletrônicos com sistemas mais sensíveis como computadores, televisão, modem, telefone e demais eletrodomésticos para evitar possíveis danos aos equipamentos são as primeiras medidas para prevenir curtos e incêndios. Já que as descargas elétricas podem afetar aparelhos elétricos mesmo sem passar pela rede de distribuição de energia. 

Atenção redobrada para as instalações elétricas internas. É importante utilizar sempre materiais adequados e deixar que profissionais devidamente treinados executem o trabalho. Além disso, qualquer instalação elétrica possui uma limitação de uso, seja pelo tempo de utilização ou pelo desgaste natural de seus componentes (fios e cabos elétricos, disjuntores, entre outros); ou pela mudança dos hábitos e necessidades das pessoas que utilizam o imóvel, que com o passar dos anos agregam cada vez mais eletrodomésticos ou adquirem aparelhos elétricos de maior potência como os chuveiros sem checar se a instalação elétrica é compatível. Por isso recomendamos checar as instalações, que permitam que os equipamentos sejam usados com segurança e eficiência, evitando choques elétricos, incêndios ou mesmo que aumentem o consumo e, consequentemente, a conta de energia elétrica. 

Também orientamos a todos a não se aproximarem de cabos e fios de alta tensão que tenham caído por conta da chuva. Fios e cabos elétricos soltos ou desencapados ou com sinal de aquecimento também representam perigo para todos. Em casa,  quando há algum sinal desses problemas é preciso realizar um check up da instalação elétrica. Nesses casos, os fios e cabos devem ser substituídos. Gambiarras, instalações elétricas obsoletas ou mal dimensionadas apresentam diversos problemas como fugas de correntes, aumento do consumo de energia, disjuntores que desarmam constantemente, entre outros. Tudo isso representa grande risco de incêndio.

Além disso, o uso de benjamins, extensões e réguas de tomadas deve ser evitada. Esse fator é muito perigoso porque, no caso de uso indevido dos produtos, pode haver sobrecargas e consequentes curtos-circuitos e incêndios. O indicado é utilizar um aparelho por tomada. Caso não seja possível atender esta recomendação, deve ser respeitada a carga máxima possível de ser ligada na tomada. 

Cuidados importantes para evitar acidentes e incêndios: 

Em casa:

  • Evitar goteiras perto de instalações elétricas já que a água conduz energia.
  • Desligar aparelhos elétricos e eletroeletrônicos em caso de ausência ou viagem por longo período.
  • Evitar ligações provisórias irregulares, que podem causar fuga de corrente e princípio de incêndio.
  • Evitar fazer uso de multiplicadores de tomadas (benjamins ou T), prefira filtros de linha ou réguas com fusível.

 Na rua:

  • Não ficar em áreas descampadas durante as tempestades, como a praia.
  • Evitar o abrigo embaixo de árvores e estruturas metálicas durante temporais com raios.
  • Não andar em áreas alagadas onde existem bueiros.
  • Em caso de cabos elétricos no chão, manter distância e entrar em contato imediatamente com a EDP.

Situações de alagamentos

  • Ao primeiro sinal de chuva forte, deixe móveis e eletrodomésticos fora do alcance da água.
  • Desligue equipamentos elétricos e eletrônicos, feche o registro do gás e da água.
  • Não fique próximo a tomadas, canos, janelas e portas metálicas.
  • Não toque em equipamentos elétricos que estejam ligados à rede elétrica.
  • Desligue o disjuntor caso a água atinja níveis que possam alcançar as tomadas.
  • Não deixe extensões ou fios de energia em contato com a água.